• Cintia Almeida

A viagem está marcada. Alegria! É tempo de fazer as malas!

Quando temos a certeza de que algo que queremos muito vai acontecer, não esperamos que se concretize para então nos alegrar. A certeza de que vai acontecer já é motivo de felicidade!

Da mesma forma, a certeza de que Deus vai atender nossas orações, que Suas promessas se realizarão, por si só, já deve encher nosso coração de alegria e esperança. 


É como uma viagem que foi marcada com um ano de antecedência. Apesar de ainda não estar usufruindo do prazer da viagem em si, já me alegro por saber que vou viajar! As passagens estão compradas. Agora, é esperar o dia do embarque. 


Porém, enquanto o dia não chega, é preciso se preparar para a viagem. É preciso verificar se já disponho de tudo que preciso para não passar “perrengue”. E, se identificar que falta algo, correr atrás para providenciar, antes do embarque. 


Imagine chegar no inverno canadense sem a roupa apropriada? É passar frio, na certa… Ou esquecer o protetor solar no escaldante calor do nordeste brasileiro? Uma possível ensolação à vista…. Ou pior: chegar no embarque de uma viagem internacional sem ter tirado o passaporte… 


Quantos transtornos podem ser evitados quando nos preparamos bem! 

Assim também é o tempo de espera em Deus. Você precisa olhar para você mesma e avaliar se a sua “mala” realmente está pronta. Será mesmo que está preparada para o embarque? Ou é mais provável que enfrentará dificuldades?


Alguns pontos que listo aqui podem te ajudar nessa auto-análise.

Por exemplo, será que a maneira como você se relaciona com as pessoas propiciará um namoro sadio e frutuoso? Se você é ciumenta, possessiva ou auto-suficiente demais e mandona, pode enfrentar desentendimentos desnecessários.


A imagem que você tem de você mesma corresponde à real ou sua auto estima está ferida ao ponto de sempre se sentir inferior ou superior às demais pessoas? A auto-imagem distorcida pode gerar cobranças exageradas e vir a sufocar o relacionamento.


As marcas deixada por relacionamentos anteriores já estão bem resolvidas e curadas ou ainda precisam de cuidados? Trazer as feridas antigas para um novo relacionamento certamente será prejudicial.


Só alcança a graça quem não desiste dela e se prepara para bem recebê-la! É necessário persistir e se alegrar! Cada dia a mais de oração, é um dia a menos na espera!

“O Senhor é a minha força e o meu escudo! Por isso meu coração exulta e o louvo com meu cântico.” Salmo 27,7


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo