• Cintia Almeida

O quanto seu futuro depende de você?

Existem pessoas que olham para a situação que vivem e não gostam daquilo que enxergam. Menos ainda, do que pode vir a ser o futuro.  É claro, que as circunstâncias da vida se impõem e nem sempre são favoráveis, que sofremos consequências das escolhas dos outros e que, às vezes, as coisas não dependem exclusivamente de nós.

Aí vem a pergunta: no que depende de você, o que tem feito para mudar?

Ficar num processo de auto-piedade, reclamando de tudo e culpando o universo por aquilo que você tem vivido, não vai fazer a situação mudar.

Penso que, estando no mar, ficar parado já é voltar trás, para a margem. É assim com a nossa vida também! 

Então, reuna o que há de melhor em você, suas experiências e as potencialidades do seu perfil e vá em frente!

Para ajudar, nesse processo, listo aqui algumas perguntas para que você comece a refletir.

1. Quais benefícios você teria, mudando a situação?

2. Tem certeza que já tentou todas as alternativas?

3. O que está exclusivamente ao seu alcance e que é determinante para que esta mudança aconteça?

4. Quais alternativas existem e como você pode agir para colocá-las em prática?

5. O que você pode fazer agora para começar a mudança?

E lembre-se:

"Insanidade é continuar a fazer a mesma coisa sempre, esperando resultados diferentes."  Albert Einstein

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo