• Cintia Almeida

Sem autoconhecimento, desperdiçamos as bençãos de Deus

Somos feitas à imagem e semelhança do Deus trino: Pai, Filho e Espírito Santo. E, assim como Deus, em um só, são três pessoas, em cada homem e em cada mulher há três dimensões do ser: corpo, mente e espírito.


Essas três dimensões precisam de cuidados, precisam estar saudáveis e equilibradas, porque uma interfere na outra. Experimente realizar um trabalho que envolve o pensamento num dia em que está com dor de cabeça. Ou orar num momento em que os pensamentos estão envoltos em algum problema que tem te afligido. É quase impossível ou, ao menos, exige muito esforço.


Quando o corpo está debilitado, procuramos o médico especialista para tratá-lo. Quando a mente precisa de auxílio, há os psicólogos e as terapias. Mas, quando a alma está doente, ferida, só o Espírito Santo pode nos conduzir à cura.


E para que precisamos dessa cura? Apenas para nos sentirmos melhor? Não. O Senhor deseja nos curar para que possamos amar como Ele amou a humanidade. Precisamos ser curada, saradas para amar.


Quanto mais nos deixamos curar, mais nos aproximamos da pessoa de Jesus, mais nos reconfiguramos à Sua imagem e semelhança, mais aprendemos a amar como Ele nos amou. Foi para isso que nascemos e é isso que determinará o sucesso ou fracasso dos nossos relacionamentos.


Só que isso passa pelo autoconhecimento. Afinal, só procura o médico quem reconhece estar doente. É preciso estar atenta. Identificar as necessidades de cura e buscar o remédio.


O amor humano é ciumento, possessivo, egoísta. Eu mesma estou nesse processo de ser curada para amar. Acredito que seja um processo para toda a vida! Já melhorei muito, graças à bondade e misericórdia de Deus. Mas esse caminho é longo e requer esforço diário. Veja: amo meu esposo, mas se ele faz algo que me desagrada, por menor que seja, já tenho dificuldade de expressar meu amor em atos e palavras! Não é um absurdo? Por isso preciso de cura. Preciso ter, a respeito do meu esposo, o olhar de Jesus. E não só com ele, mas com todos que Deus colocou ao meu redor. Preciso deixar Jesus curar meu olhar a respeito das pessoas. Como Jesus as vê? Assim, eu preciso enxergá-las: como Ele as enxerga. Esse é só um pequeno exemplo. Quantos outras situações eu e você poderíamos listar em que não amamos as pessoas como Jesus as ama?


Já o amor de Deus é pleno. Não há nada que eu faça, de bom ou de ruim, que possa alterar o amor que Ele tem por mim. E é a esse amor que somos chamadas. Ao amor que Paulo fala na sua carta aos Coríntios.


Vamos fazer um exercício prático?


O exercício é simples: onde há a palavra "amor" no texto bíblico, você deverá substituir pelo seu nome.

Vamos lá?


"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não tem inveja. O amor não é orgulhoso. Não é arrogante. Nem escandaloso. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." 1 Coríntios 13,4-7

E então? Conseguiu identificar onde Deus precisa te curar? Qual área da sua alma o Senhor ainda precisa acessar você para que seus relacionamentos sejam frutuosos e maduros?

Sem viver esse processo de autoconhecimento e cura interior, costumo dizer que Deus poderia ter trazido o homem mais incrível, que eu nem precisaria do Diabo para destruir o relacionamento: eu mesma faria isso. Provavelmente sem perceber, mas faria. Pela graça de Deus, conheci meu esposo após um processo de cura interior que durou cerca de um ano. Mas outro dia, compartilho essa experiência.


O fato é que precisamos trilhar esse caminho de mãos dadas com Jesus. Revisitar nossa vida, atitudes, modo de olhar os fatos e as pessoas.

Somente assim, será possível amar como Jesus amou e viver de forma sadia o relacionamento com as pessoas que o Senhor colocou em nossas vidas: família, amigos, colegas de trabalho, namorado, noivo, esposo.


Vamos orar?


Senhor, quero pedir o auxílio do Teu Santo Espírito. Vem Espírito Santo! Esvazia-me deus mim mesma e enche-me da Tua graça! Cura, Senhor, todas as feridas que me impedem de amar como o Senhor me ama! Me ajuda a ver os fatos e as pessoas como o Senhor enxerga! Dá-me olhos espirituais. Que a minha atitude esteja de acordo com a Sua vontade! Que eu aprenda amar como o Senhor me ama! E, sabendo que não consigo dar passos sozinha, que eu encontre pessoas, retiros, meios de trilhar esse caminho de cura interior. Amém!









165 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo