• Cintia Almeida

Você chama atenção pelo que você é ou pelas partes do corpo que exibe?

A pergunta é direta para que você reflita e responda, não para mim, mas para você mesma. 

Porque é contraditório o comportamento de algumas mulheres: querem ser valorizadas pelo que são, mas atraem somente olhares para seu exterior. E tudo isso é inútil, se o interior está vazio. Vão atrair homens, da mesma forma, vazios.

É claro que precisamos nos sentir bonitas. Roupas, acessórios, maquiagem são itens do universo feminino. É sempre vão ser! Precisamos, sim, cuidar do corpo que o Senhor nos deu. Cuidar da auto-estima. Mas tudo que é externo, é adorno. Não é essencial. E, quando deixando de lado o essencial, nos perdemos.


No intuito de serem notadas, muitas mulheres têm investido somente no exterior e esquecido do mais importante: cuidar da alma. É só é possível cuidar dela, aproximando-se daquele que a criou. A nossa alma é o jardim. Jesus é o jardineiro. É a partir da nossa intimidade com Ele, as flores vão crescendo e, por consequência, vamos exalando Seu perfume e atraindo as mais belas borboletas!

Lembro que, durante o tempo de espera, várias vezes o Senhor falou através das amigas que sempre me acompanharam em oração: aquele que tenho para você, se apaixonará pela mulher de Deus que você é.


E, de fato, foi assim que aconteceu. Conheci meu esposo durante uma missão de evangelização a menores infratores da Fundação Casa, antiga Febem. Como era uma unidade masculina, por prudência, eu me vestia praticamente como um menino: calça larga, camiseta comprida, tênis, cabelo preso, nada de maquiagem nem acessórios. Foi assim que conheci o homem da minha vida.


Lembro que quando começamos a nos aproximar, ele me disse: “a gente conhece o coração de uma pessoa quando ela faz o bem sem esperar receber nada em troca”. Se referindo à missão na Febem. De fato, ele viu primeiro meu coração. E, não digo isso para me gabar. Até porque, sou cheia de defeitos. E, depois, ele conheceu cada um deles! Digo isso, porque eu sempre me preocupei com a minha aparência. Às vezes, até exageradamente. Não saía de casa sem maquiagem. E foi numa situação completamente adversa da que eu imagina, que o Senhor nos apresentou.

É claro que, na semana seguinte, no dia da reunião sobre a missão na Febem, eu fui bem bonitona! 


Mas o mais importante é cuidar do nosso interior. É ser cheia do Espírito Santo! É ter o sorriso de Jesus! O olhar de Maria! Porque não há cosmético mais eficaz para o rosto do que a alegria que vem de Deus. É isso que você deve exalar: o perfume do alto. As borboletas, serão uma feliz consequência!

“O coração alegre embeleza o rosto, o coração triste deprime o espírito.” Provérbios 15,13 


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo