• Cintia Almeida

Sexo: foi Deus quem criou, sabia?

Às vezes nos esquecemos dessa verdade. A relação sexual está tão banalizada nos dias atuais, que nem nos damos conta de que foi Deus quem a criou. E criou com duas finalidades: a união mais profunda entre um homem e uma mulher casados; e para garantir Sua descendência, o meio que Ele escolheu para trazer os filhos Dele a este mundo.

Algo extremamente sagrado e, para se ter ideia da sacralidade deste ato, um padre amigo sempre repete nos casamentos: a mesa da comunhão é o altar do padre; a cama, é o altar dos casados. Sim, porque ali é consumado o sacramento do matrimônio.

Mas toda essa beleza tem se perdido, à medida que homens e mulheres passam a olhar o outro como mero objeto de seu prazer. Sexo pelo sexo. O prazer pelo prazer. Como quem acende um cigarro ou come uma coxinha. Tem fim em si mesmo. É estéril.


Quantas mulheres já se sentiram um verdadeiro "nada" após uma relação sexual fora do casamento? Escrevo para mulheres que buscam Deus como centro de suas vidas. Portanto, leia-se "fora" para qualquer relação sexual realizada com alguém que não te levou até o altar e disse, diante de Deus, do padre e toda a igreja: "te prometo ser fiel, te amar e te respeitar, na saúde, na doença, na alegria, na tristeza, por todos os dias das nossas vidas".

Quantas de nós ja se sentiu como simples objeto de prazer nas mãos de um homem que estava longe de querer assumir um compromisso de vida?

O que fica? Um rombo enorme na alma. Sim, porque sempre que usamos de maneira errada os dons de Deus, nos ferimos e ferimos outros profundamente.


Veja: como o Diabo não pode criar nada, a única coisa que ele faz é destruir a beleza da criação de Deus. E assim, tem feito com o sexo, com os relacionamentos.


Chega de se enganar com as histórias de filmes e novelas, que tentam nos convencer de que aquelas paixões avassaladoras são amor verdadeiro. Ilusão! Amor é doação, é cumplicidade, é entrega de vida. O sexo é só uma parte disso.


Está na hora de dizer basta a tudo isso e viver o sonho de Deus na nossa vida, plenamente. E esse sonho passa pela reordenação da nossa sexualidade.


Vamos orar?

Senhor, me identifico com o que li e quero retomar seu plano original na minha vida. Quero que Sua santa mão alcance as feridas deixadas na minha alma por relacionamentos que vivenciei ou até hoje vivo. Sei que o Senhor deseja me curar e eu me abro a essa cura! Alcança-me Senhor! Amém!





9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo