• Cintia Almeida

Sofia, nosso bebê arco-íris

Deus sempre fala nos detalhes comigo. No dia em que celebramos 3 anos de sacramento do matrimônio, 22/08/18, dia da coroação da Santíssima Virgem Maria como rainha do céu e da terra, vou para mais uma ultrassom.


Chegando lá, o médico é o mesmo que identificou a primeira suspeita de síndrome de Edwards na gestação do Heitor. Repito: para curar, Jesus nos pega pelas mãos e faz o caminho novamente conosco. Como nas últimas, meu corpo não pára de tremer e só vai acalmando depois do médico repetir 150 vezes: está tudo bem! É uma linda menina!


Sofia está a caminho. Seu nome significa “sabedoria de Deus”.


Tempos depois, recebo o texto que coloco aqui, abaixo, e que faz muito sentido para mim.


🌈👶🏻👼... Bebês arco-íris

são crianças que nascem de uma mãe que sofreu anteriormente um aborto ou que teve um filho morto prematuramente, trazendo a luz após a tempestade na vida de uma família que teve de enfrentar alguns momentos realmente muito difíceis.


Um arco-íris é uma promessa de sol após a chuva, a calma após a tempestade, a alegria depois da tristeza e a paz depois da dor. Mas, acima de tudo, do amor depois de uma perda.


A definição dos bebês arco-íris pretende lembrar a todas mães, futuras mães e, na verdade, qualquer pessoa, de que depois da tempestade virá a luz. E mesmo que esta luz não venha com a chegada de um novo filho, esta luz virá de um jeito ou de outro, pelas mãos de Deus. 🌈💙👼


Me fez lembrar da Palavra que diz:


“Ponho o meu arco nas nuvens, para que ele seja o sinal da aliança entre mim e a terra. Quando eu tiver coberto o céu de nuvens por cima da terra, o meu arco aparecerá nas nuvens, e me lembrarei da aliança que fiz convosco.“ Gênesis 9,13-15a


Sim, Sofia é nosso bebê arco-íris!




16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo